Aula Inaugural 4ª Edição Pós DAEE, com Felipe Morozini

Neste ano, o multi-artista Felipe Morozini (SP) foi responsável por abrir o calendário acadêmico da turma 2017/18. O evento aconteceu no sábado, dia 2 de setembro, no auditório do bloco F do IESP.

Felipe Morozini é um multi-artista de São Paulo. A inspiração para seu trabalho vem dos mais simples e ordinários momentos do dia a dia que invadem sua casa pelas grandes janelas viradas para o centro da megalópole. Seu trabalho vai dos editoriais de moda à cenografia, fotografia de arte, vídeos, design e intervenções urbanas.

Felipe era aluno de direito quando a fotografia começou a possibilitar um diálogo e uma forma de expressar toda sua criatividade junto à poesia que permeia todos seu trabalho. Suas fotografias foram expostas em diversas galerias, museus e festivais de arte no Brasil e no mundo como a Galeria Zipper, Aktuel, Plastik, SP Arte - Foto, Mostra São Paulo de Fotografia, entre outros.

Como artista, ele sempre busca diferentes maneiras de expressar todas ideias e vozes que instigam sua mente hiperativa e criativa.

Cenografia foi o maneira em que Morozini encontrou para materializar sonhos e imagens em colaboração com diferentes marcas e parceiros. O espaço urbano que possui uma memória afetiva em sua vida, se torna uma chave importante em seu trabalho. Felipe é um dos diretores da Associação Parque Minhocão, uma organização sem fins lucrativos que nasce para fomentar a discussão sobre o uso e destino do Elevado João Goulart (também conhecido como Parque Minhocão) pensando em novas alternativas urbanísticas.

A cidade e a natureza são seus pontos altos de inspiração e que permeiam todo seu trabalho. Mais do que um artista, Felipe é um sonhador.

_dsc0119

_dsc0136 _dsc0149 _dsc0154

_dsc0121

No Comments Yet.

Leave a comment