Professor do UNIESP alerta para riscos de desabamento na falésia do Cabo Branco

  • Qui, 19/Nov/2020

Depois que um desabamento nas falésias da praia de Pipa vitimou três pessoas na última terça-feira (17), o geógrafo e professor do UNIESP Williams Guimarães alertou para os perigos do mesmo tipo de acidente nas falésias do Cabo Branco, na região metropolitana de João Pessoa. No caso do Rio Grande do Norte, um casal e uma criança estavam na parte de baixo de uma falésia, quando parte de sua estrutura caiu e os soterrou.

O professor Williams coordena um projeto de iniciação científica que monitora a erosão costeira na Falésia do Cabo Branco, localizada junta a diversos pontos turísticos de João Pessoa, como o Farol do Cabo Branco e a Estação do Cabo Branco.

Ele indica que tanto a paisagem paraibana quanto a do Rio Grande do Norte estão em condições parecidas, e pode trazer riscos a turistas e moradores da região. “A orla paraibana existe algumas falésias ao longo do seu litoral. Em se tratando de região metropolitana a mais conhecida é a Falésia do Cabo Branco e, pôr está localizada nessa região o fluxo de pessoas normalmente é intenso. Sendo assim as condições são semelhantes às da Falésia de Pipa, pois a geologia é a mesma, ou seja, sedimentar da formação Barreiras. O risco de acidentes nessas áreas é eminente, pois falésias "vivas", ou seja, aquele que tem contato direto com o mar sofre constantemente erosão”, explicou.

O professor informa que a erosão das falésias não se deve somente à ação do mar, mas também está associada a infiltração de água no solo em períodos de chuva, supressão da vegetação e o solo impermeabilizado dos trechos com asfalto. Nas áreas com mais riscos, existem placas que sinalizam sobre os perigos de acidentes. Quem visita os locais deve ficar atento aos cuidados necessários, como evitar ficar muito próximo da beirada do topo das falésias ou do sopé.

Um meio de buscar mais informações sobre os riscos é através do site da Prefeitura Municipal de João Pessoa. “Geralmente são essas medidas que o poder público toma para repassar informações à população e sempre ficar atento as placas de sinalização. Como se trata de uma área que representa risco a integridade física dos usuários é sempre bom fica em alerta constante, evitando se aproxima muito do seu topo e do seu sopé”, afirmou.




MAIS NOTÍCIAS



Norfil divulga resultado de Programa Trainee para egressos de Administração do UNIESP
04 Dez
Norfil divulga resultado de Programa Trainee para egressos de Administração do UNIESP

Seleção aprovou dois ex-alunos da instituição para atuarem durante oito meses na empresa

Alunos de Psicologia elaboram cartilha sobre prevenção ao suicídio frente à covid-19
03 Dez
Alunos de Psicologia elaboram cartilha sobre prevenção ao suicídio frente à covid-19

Material traz informações essenciais sobre como identificar os sinais de alerta, bem como ajudar pessoas que passam por sofrimentos

Alunos de Nutrição falam sobre distúrbios alimentares através de Podcast
03 Dez
Alunos de Nutrição falam sobre distúrbios alimentares através de Podcast

A atividade faz parte da avaliação da disciplina Fitopatologia Aplicada, orientada pela professora Kelly Cristina



UNIESP firma parceria com SMN, empresa de Tecnologia da Informação
02 Dez
UNIESP firma parceria com SMN, empresa de Tecnologia da Informação

O acordo irá gerar oportunidades de estágio para alunos de Sistema, além de benefícios para colaboradores de ambas as empresas

Inaugurado novo Laboratório de Anatomia Animal
30 Nov
Inaugurado novo Laboratório de Anatomia Animal

Espaço conta com equipamentos novos, além de ossadas e cadáveres de várias espécies de animais para os estudos práticos

Desafio Comercial usa meios virtuais para campanha solidária
28 Nov
Desafio Comercial usa meios virtuais para campanha solidária

Atividade para os concluintes de Gestão Comercial arrecadará doações até o dia 30 de novembro